A Coca-cola e a história da moda

Cartazes da Coca-cola contam parte da história da moda. Prestígio de uma marca gigante de refrigerantes que existe a pelo menos 100 anos. Neste Post vamos mostrar como a Coca acompanhou a evolução do vestuário em seus cartazes e propagandas.

1889

Pode-se dizer que foi um período de revolução na moda, as mulheres deixaram de usar a anquinha (aquelas armações enormes feitas de ferro ou madeira, colocadas em baixo da saia) para usar as anáguas, com isto, os vestidos ficaram mais ajustados ao corpo, sendo cortados enviesados, saias compridas com caudas e muita renda. A modelo faz pose como se estivesse posando para um pintor.

Imagem

1900

Início de uma época de ostentação e extravagância, nota-se no cartaz muitas jóias e espartilhos menos apertados que antes, à noite os decotes eram maiores e não podiam faltar as luvas, as plumas e as rendas, que foram as loucuras da década, até nas vestimentas do dia. O interessante deste anúncio é que o refrigerante é servido em uma xícara, como se fosse um chá.

Imagem

1907

As roupas femininas deram uma guinada para a alfaiataria, podemos notar, que os casacos de corte masculino tomaram lugar dos babados de renda. Isso porque as mulheres começaram a trabalhar e era impossível desempenhar funções com vestes tão elaboradas. E estas peças se propagaram até as classes mais altas, que usavam para viajar ou ir ao campo.

Imagem

1918

De volta aos vestidos de renda, mas com muito menos tecido, isto por causa da guerra que cercou esta época, deixando tudo mais prático, até mesmo a coca inovou sua embalagem para garrafinhas.

Imagem

Década de 20

Surge um novo tipo de mulher, agora as mulheres mostram o tornozelo, e as peças de roupas femininas são mais simples, uma saia mais ajustada ao corpo, com bem menos tecidos e um casaco andrógeno, mas sem tirar a sensualidade em pose de pin up, que surgiriam logo mais.

Imagem

Década de 30

Este cartaz veio evocando o passado da propaganda do refrigerante e também as vestimentas de praia. Mostrando como eram e como foram na década de 30, onde as mulheres já iam a praia de maiô, podemos notar também a grande semelhança com as pin ups e que o corpo feminino começa a ser cultuado pela sua magreza.

Imagem

Década de 40

Com a guerra, a moda enfrentou grandes desafios com falta de tecidos, processos de fabricação e mão de obra limitados refletindo nos modelos de peças. O vestuário ficou mais masculinizado com cortes lembrando as fardas, ombros quadrados e calças compridas.

Imagem

Década de 50

Este período teve muita influência do fim da década de 40, por causa do New Look lançado em 1947 pelo Dior. Vê-se pelas cinturas marcadas e as saias rodadas, as mulheres ficaram mais sofisticadas. Esta propaganda também representa o fim da escassez que veio com a guerra e o lançamento da televisão.

1950-thumb-600x763-3766

Década de 60

Foi quando tudo mudou na moda, surgiu o prêt-à-porter que é a produção em grande quantidade da mesma peça, anteriormente era feito apenas peça única em ateliês, alfaiates ou com as simples costureiras de bairro, mas na década de 60 os consumidores mudaram, agora o foco eram os jovens, que começaram a gastar desenfreadamente. Até as propagandas da coca mudaram, não tinha mais aquela ênfase em mostrar o cotidiano das pessoas e a marca já estava aceita no mercado, agora só um copo do refrigerante e sua logo moderna, falam por si só. Mas mesmo assim podemos notar os anos 60 nas cores mais vivas e na jovialidade do anúncio, onde tem a mistura do refrigerante com o sorvete.

1960-thumb-600x765-3772

Década de 70

Aqui os cartazes voltam a mostrar o comportamento humano, mas atingindo dois públicos, a mãe e o filho. A moda bem focada no adolescente, pois a mãe agora é apenas a dona de casa, o menino não, é quem dita as regras das tendências na época, com uma camiseta polo, a calça jeans e o cabelo black, super característico dos anos 70, que foi um ano cheio de revoluções jovens.

1974-thumb-600x801-3778

Década de 80

Como podemos ver o Denim é o fator dominante na tendência citada pelos cartazes, que mostra um jovem mais livre, despojado e usando a famosa calça jeans, que se tornará peça chave de qualquer guarda roupa.

1986-thumb-600x770-3782

Década de 90

Nos anos 90 começa a era digital, onde as propagandas são feitas tudo digitalmente. Com isto, a Coca Cola foca no refrigerante, deixando ele desejável, trabalhando apenas com a fotografia e os efeitos colocados posteriormente na imagem. A Coca é a moda, ela dita que todos devem beber coca com a ajuda de sua logo que é reconhecida mundialmente.

1997-thumb-600x463-3786

Anos 2000

Além de todos as propagandas incríveis de natal e ursos polares e tudo que um computador pode nos oferecer hoje em dia, a Coca Cola se uniu a grandes nomes da moda, para desenvolver embalagens lindas, esta da imagem abaixo são as latinhas criadas por Jean Paul Gaultier, que fez ilustrações inspiradas nas décadas passadas, mas com ícones pop, como bolinhas, lacinhos, passarinhos, encantando a todos.

coca 4

Fontes:

LAVER, James. A roupa e a moda: Uma história concisa. São Paulo: Cia das letras, 1989.

OBVIOUS, Magazine. Disponível em: <http://https://www.facebook.com/obviousmagazine&gt; Acesso em: 23 mar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s